E quem disse que todo término tem que ser triste?

Nananinanão, a separação agora virou mais uma motivo pra se festejar! Então se você ta na pior minha amiga, presta atenção nessa moda, liga pras migas, compra uma champagne e se prepara pra brindar o recomeço da sua vida!

Pode parecer loucura, mas a Festa de Divórcio está bombando nos Estados Unidos e pelo que vi ta chegando com tudo no Brasil.

 

Aí você me pergunta: “Mas como é isso?”

Resumindo, chá sendo chá. Lembra o de panela? Que você reúne todas suas amigas, bebe todas, brinca de mil coisas e sai bêbada e feliz?

A ideia é a mesma, mas aqui a gente aproveita a festa pra matar mil cajás com uma cajadada só.

Você acaba de vez com a fossa, grita pro mundo que tá solteira and de quebra ganha uns presentinhos como lingeries novas pra sassaricar por aí e até mesmo algumas coisinhas pra casa, caso o falecido ou falecida tenha levado embora.

E como todo chá de panela tem brincadeiras, esse não poderia ser diferente.

A festa começa com a quebra da aliança –  vai com fé e quebra com vontade! (se bem que nesse caso seria mais vantajoso vender, se embelezar com a grana e sambar gata na cara do falecido, mas se a raiva for grande, apoio, QUEBRE !)

Rasgue seu vestido de noiva (que dó), acerte um dardo na cara do desgraçado (na foto, claro) ! Ahhh e claro que você não poderia sair da festa sem o clássico bem casado, opa! Bem separado!

Haja criatividade!

Ainda não sei o que acho disso, por um lado acho psicótico comemorar o fim de um casamento, mas por outro lado eu não julgo! Cada um sabe o que faz bem pra si e se essa for uma estratégia de superação e diversão, por que não?

Me contem o que vocês acharam dessa moda doida? Quero saber! Eu prefiro pensar que a festa não comemora o fim de uma união e sim o começo de uma nova vida, que venhamos e convenhamos, também é boa por demais!