Como não conheci esse lugar antes?

Parece clichê, né? Mas te garanto, foi o que me perguntei assim que pisei em Inhotim.

Na verdade, conhecer o parque sempre esteve nos meus planos, mas as 6h de carro me faziam adiar a viagem pro eterno “próximo feriado”. Até que li uma matéria falando que Inhotim estava completando 10 anos e pensei, “Ta na hora né?! Lets do this”.

Consegui um day off e pronto, já estava no carro! Poderia dizer que foi a decisão de viagem mais rápida da minha vida, porém, não menos planejada, a ida pro parque de Brumadinho me gerou uma organização similar a da visita pro Magic Kingdom na Disney: Atrações principais, mapa, estratégia de lado pra explorar, cor a seguir, aluguel de carrinho. Quanta coisa! Mas vou falar pra vocês, se você só tem um dia, prepare-se para as estratégias de ganha tempo, mas se você tem dois ou três dias, ótimo! Você tem tempo de sobra!

Vamos?

Começando do começo (sou dessas) 

Detalhes importantes:

  1. São 455 km, o equivalente a 6h de estrada.
  2. São 6 pedágios do RJ até Inhotim. (Os seis totalizam 51 reais por trecho) Anota aí e já prepara o dinheiro!
  3. Bateu fome!

Dica: Juiz de Fora é um ótimo #pitstop pro almoço, porém quase todos os restaurantes fecham 15h. Fiquem atentos ao horário! Conversei com uma amiga que mora por lá e peguei algumas dicas de restaurantes pra facilitar sua vida. Anota ai:  Le Portuga (Novo e muito gostoso), Chimarrão (churrascaria), Brasador (Steak House) e Salsa Parrilla (comida à quilo). De qualquer jeito, chequem na internet se estão abertos quando vocês estiverem indo.

  1. Leve água e comidinhas pra beliscar no caminho.
  2. A estrada é perigosa, vimos alguns acidentes no caminho, fora que pegamos uma chuva cruel que também foi relatada por muitos amigos e então, dirija com cuidado.

 

Quantos dias?

1 dia – Se você tem apenas 1 dia, vá pra Inhotim já sabendo o que precisa ver com sua listinha do NÃO – POSSO – PERDER,  marque suas atrações preferidas no mapa, alugue o carrinho e é isso. Vai dar tudo certo.

2 dias – Se você tem dois dias como eu, sugiro você aproveitar o primeiro dia para explorar o parque andando sem rumo. Curta a natureza, se surpreenda com o que você encontrar e vai conhecendo com calma.  Já no segundo dia, marque no mapa o que faltou, alugue o carrinho e dê seu check.

3 dias  –  Se você tem três dias, acho que você tá bem.. Da tempo de ver tudo que o parque oferece do jeito que você bem entender..

 

O hotel também faz parte da viagem..

Você tem três opções de hospedagem pra visitar Inhotim:

  1. Ficar em Belo Horizonte e fazer bate e volta pro parque – 60km (eu particularmente não recomendo)
  2. Ficar no distrito de Casa Branca – 40km do parque
  3. Ficar em Brumadinho – Região mais perto de Inhotim.

Ficar em Belo Horizonte nunca foi uma opção pra mim, até porque Inhotim era o protagonista da minha viagem e ele merecia dois dias inteiros da minha vida. Na verdade, na minha vida ele merece muito mais que dois dias, mas é o que tínhamos pra brincar.

Então, fiquei entre Brumadinho e Casa Branca, optei por ficar um pouquinho mais distante em Casa Branca, pelo simples fato de que adoro acordar com uma bela vista. Como Casa Branca fica no alto da montanha as pousadas tem um visual mara que as amigas em Brumadinho não tem!

Pesquisei aqui e acolá e a escolhida foi a Pousada Vista da Serra! Amei muito, mesmo e super indico.

A pousada é super aconchegante, os funcionários são muito atenciosos (isso pra mim é o ponto mais importante, me senti na casa da vovó, sabe?) , o cafe da manha é ótimo e bem farto e o quarto é lindo, fora que o visual é maravilhoso!

 O PARQUE

Pra começar a te situar, Inhotim tem uma interação fantástica entre arte, arquitetura e meio ambiente.

A proposta é a seguinte, você está no meio de um jardim botânico enorme e as obras estão espalhadas por todos os lados, você vai caminhando e se deparando com galerias, lagos, pavilhões, bichinhos, obras de arte, jardins… A natureza é tão presente que não existe jardim sem arte e nem arte sem jardim. Captou a vibe?

E vou falar.. Os jardins são um luxo a parte o que ajuda a fazer de Inhotim o maior museu de arte contemporânea a céu aberto do mundo, sim, do mundo.  E o melhor? Agrada até os que não gostam de arte pelo simples fato de que lá você é convidado o tempo todo a se relacionar com as obras e ter os seus sentidos aguçados. Para isso, muitas das instalações são interativas e completamente imersivas, seja te fazendo pisar em vidros, ou ouvindo Jimi Hendrix na rede, se perdendo num labirinto, mergulhando em uma piscina ou até mesmo plantando uma árvore. Lá, você não é um observador comum, em Inhotim, você FAZ parte da obra.

 

Pra provar que essa brincadeira é séria, são cerca de 20 galerias com 700 obras produzidas por artistas de diferentes partes do mundo, pra ser mais precisa, 13 países, como EUA, França, Alemanha e muitos outros…

É por essas e outras que o parque foi escolhido pelos usuários do Trip Advisor como um dos 25 melhores museus do mundo. Não dá orgulho?

Se eu fosse você não perderia esse museu, até porque ele não exige que a gente atravesse o Atlântico, muito menos de uma passadinha na loja de câmbio pra trocar nossa moeda, ele é brasileiro, e melhor, mineirinho sô.

Quer ver mais um pouquinho da minha viagem? Assista o vídeo!

 

Dicas:

  1. Compre seu ingresso com antecedência pela internet, assim você evita filas e ganha tempo
  2. Chegue cedo
  3. Vá com roupas confortáveis, tênis é item básico.
  4. Leve repelente, protetor e água
  5. Entre na piscina

 Restaurante

Existem dois excelentes restaurantes em Inhotim: O Tamboril e o Oiticica.

O Tamboril é mais requintado, você paga 70 reais e come o quanto quiser.

Já o Oiticica é tão lindo quanto, porém com sistema á quilo. Os dois tem uma arquitetura linda e uma paisagem MARA! O negocio é o seguinte: Se você come muito, vá pro Tamboril e se acabe! Mas se você fica satisfeito com pouco, vá no outro, meu almoço custou 12 reais no Oiticica e fiquei satisfeitíssima.

Pra quem quer ser mais prático, existem lanchonetes com cardápios diversos, pizza, omeletes, cachorro quente e coxinhas ma-ra-vi-lho-sas pelo parque!

INFORMAÇÕES GERAIS:

Fechado às segundas-feiras.

Ter a sex: 9h30 às 16h30
Sáb, dom e feriado: 9h30 às 17h30

Terça e quinta-feira: R$ 25,00
Quarta-feira: entrada gratuita
Sexta, sábado, domingo e feriado: R$ 40,00
http://www.inhotim.org.br/