Hoje vim falar de um dos meus castelos preferidos na Alemanha, o Castelo de Neuschweinstein.

Olhem pra ele!

Agora de novo!

Te lembra alguma coisa?

Sim, ele é o castelo da Cinderella na “vida real”!

Achou inusitado, né? Vou explicar. O Walt Disney, sim, o próprio, estava passeando pela Alemanha lá em 1869 e deu de cara com o castelo. Se apaixonou. Quem não? E resolveu reproduzi-lo nos seus desenhos encantados. Simples assim!

O castelo fica há 1 hora de Munique e obvio que estando por lá, eu não deixaria de conhecê-lo.

Pra começar meu dia de Cinderela, nada como subir a floresta de charrete, né? (O meio de transporte é uma opção, pode-se ir de ônibus, charrete ou até mesmo andando. Isso eu explico mais embaixo.) O percurso durou em média uns 40 min e a charrete não era o mais indicado naquele dia. Estava muito frio, ventava muito e como o trajeto é ingrime, balançava demais. Se você for no inverno, indico os outros meios de transporte.

Depois de algum tempo, finalmente chegamos no topo da montanha.

A entrada já é um encanto e cada pedacinho do Castelo te surpreende. Como existe senha para entrar no Neuschweinstein, não se preocupe em esperar, há muita paisagem pra ser apreciada. Uma das minhas preferidas foi a da ponte, ande até lá!

De lá da pra ver não só o Neuschweinsten e o castelo vizinho, o Hohenschwangau, que foi residência de infância do ReiLuís II da Baviera, como também os Alpes, o Lago Starnberg e a cachoeira de Pollat. Juro, é uma sensação indescritível como se eu estivesse vivendo no limite da realidade e da fantasia.

 

E olhem que curioso, assim como o dos desenhos, o castelo real também foi de príncipes e princesas. O sortudo era o príncipe Luis II da Baviera que tinha fama de louco, mas que de louco não tinha nada. Afinal, escolheu um lugar mais que perfeito para morar.

Só tome cuidado com a hora, a caminhada de volta da ponte pro castelo pode demorar uns 15 min e como alemão é muiiito pontual, você pode perder sua vez de entrar no castelo. E te garanto, a vista é tão linda que não duvido que isso aconteça.

A visita vale muito a pena e dura em torno de 40 minutos. Cada ala foi desenhada como um cenário inspirado em óperas de Wagner, por quem o rei era obcecado.

São paredes cobertas de ouro, louças e mais louças e afrescos de autoria dos pintores mais famosos da época. Só vendo mesmo pra entender a riqueza desses detalhes! Tem até uma gruta artificial no meio dos aposentos reais. Pena que não era permitido fotografar. Bom, é muita magia pra uma tarde só e olha que deixei a parte fofa pro final. Diz a lenda que as meninas que o visitarem antes de se casar, serão felizes para sempre!!! 🙂

Como chegar em Fussen, cidade do castelo Neuschweinstein:

Eu fiz o bate-volta de Munique, é super tranquilo, mas demanda um dia inteiro. São duas horas de trem até Füssen + dez minutos de ônibus até a bilheteria em Hohenschwangau + algo entre 20 e 40 minutos para subir até o castelo (dependendo do meio de transporte escolhido — e da fila para subir no meio de transporte escolhido).
De carro, dá 125 km, que o guia Michelin calcula serem percorridos em 1h40min, ou seja, apenas 20 minutos menos do que de trem (ponha como cidades de origem e destino Munique e Schwangau).
O melhor é ir de trem, com o Bayern Ticket, que custa 29 euros para até 5 pessoas viajando juntas (ou 20 euros para viajante solo).

Como subir até castelo

O tempo está bonito? Então suba a pé. Em 40 minutos você chegará ao topo respirando o ar puro da montanha.

Está muito frio? Chovendo? Pegue o ônibus. Ele não está incluído no Bayern Ticket. Custa 1,80 euro para subir, 1 euro para descer. Deixa você na Mariensbrücke (Ponte Maria), de onde você caminha 10 minutos por uma descida íngreme até o castelo (dizem que é o melhor ponto para fotografar o dito cujo). Se estiver com disposição e o temperatura permitir, desça a pé, a paisagem é linda!! E ainda dá pra passear por Fussen que é uma graça. Mas, tome cuidado com o horário do último trem pra Munique, eu quase perdi o meu.

O único meio de transporte que funciona com qualquer tempo é o de charrete. Custa 6 euros para subir, 3 euros para descer. Paga-se diretamente ao cocheiro. Te deixa e te busca praticamente na porta do castelo.

Já que esta por lá.. Outras atrações em Fussen:

– Fazer uma caminhada no monte do Calvário, o Kalvarienberg. O passeio dura cerca de 30 minutos e passa por 17 pequenas capelas com estações que contam a crucificação de Cristo.

– Parapente. Por que não?

–  Explore o Centro!  A cidade e super charmosa cheia de casinhas coloridas, ruas medievais e igrejas barrocas.

–  Visite a Igreja Wieskirche que foi declarada Patrimônio da Humanidade pela Unesco. E linda!